Escolha uma Página

10º Congresso Brasileiro do Agronegócio

“Mudanças e Paradigmas”

Depois de décadas comandados pela oferta, os preços das commodities passaram a ser guiados pela demanda, principalmente devido a melhoria da renda nos países emergentes. Com o crescimento excepcional de demanda da Ásia, as disponibilidades de terra e água ficam limitadas, enquanto as mudanças climáticas representam ameaças constantes. Caminha-se entre certezas pétreas e dúvidas relevantes. É o limiar de transformações pouco antes imagináveis. Esse trânsito lento é angustiante para as sociedades.

Porém, há um mundo de expectativas em novos produtos e serviços. No Brasil, há necessidade de aumentar dramaticamente os esforços em pesquisa, desenvolvimento e inovação para a agregação de valor de seus produtos e serviços. O agronegócio precisará de vigor para levar o País a outro patamar de importância. Os seus custos estão altos principalmente na infraestrutura e logística. Há preconceitos no Código Florestal, com discriminação da agricultura. Conciliar argumentos emocionais e econômicos constitui desafios de gigantes. No horizonte presente e futuro, dois paradigmas são muito fortes: sustentabilidade e estabilidade.

Confira os Anais AQUI