Escolha uma Página

As inscrições para o Seminário Internacional da Integração do Agronegócio com o Sistema Judicial continuam abertas. O evento será em Cuiabá, entre os dias 23 e 25 de abril, no hotel Gran Odara. O objetivo é debater os desafios do agronegócio no mundo globalizado. Ao todo são 400 vagas destinadas aos produtores rurais, representantes do agronegócio, magistrados e advogados.

O seminário é uma realização da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e do Tribunal de Justiça (TJ-MT) em parceria com outras entidades do agronegócio e do sistema judiciário estadual. Entre os temas abordados estão: o cenário agro mundial; políticas agrícolas; legislação ambiental; negócios jurídicos e o direito aplicado ao agronegócio.

Essa é a terceira vez que a Famato e o TJ-MT se unem para debater temas comuns ao agronegócio e ao poder Judiciário. A primeira foi em 2013, quando alguns magistrados procuraram a Federação para conhecer melhor o setor e buscar subsídios mais técnicos para dar suporte às decisões nas ações judiciais que por ventura fossem analisar.

“O primeiro evento foi pequeno e depois fizemos um maior em Sorriso, em 2014. Este último foi tão positivo que consolidou essa aproximação com o judiciário. Nessa experiência destacamos as visitas que os magistrados fizeram em propriedades rurais da região e as visíveis mudanças de percepção que eles tiveram na medida em que acompanhavam os debates. Eles descobriram o quanto o nosso setor está avançado no uso de tecnologias e nas questões ambientais, trabalhistas e sociais. Para este ano vamos debater com palestrantes dos Estados Unidos, da Europa e da Argentina, pois acreditamos que conhecer a realidade fora do Brasil também é importante”, ressalta o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado.

O desembargador Márcio Vidal conta que os dois primeiros seminários trouxeram mudanças para o sistema judicial. “Os próprios magistrados, que participaram das outras duas edições do seminário, falam que não tinham informação e conhecimento da área, então ao julgar só enxergavam o estritamente jurídico. Hoje têm condição, com isso, de fazer uma avaliação melhor no exame da questão que a cada um é submetida”, avalia o desembargador.

Programação – O evento terá seis palestrantes internacionais: Levin Flake, economista agrícola sênior do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA); Letícia A. Bourges, diretora executiva do Comitê Europeu e Direito Rural; Ray Gaesser, presidente da Associação Americana de Soja (ASA); Ramiro Guerrero, assessor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina; Sofia de Abreu Ferreira, cônsul na Unidade de Direito Internacional e Ambiental do Departamento Jurídico do Banco Mundial, e Richard Reaves, diretor executivo da Universidade da Georgia.

Além disso, haverá palestra com o economista, ex-ministro da Fazenda e consultor da Tendências, Mailson Ferreira da Nóbrega, e com os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio Noronha e Herman Benjamim, e do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Guilherme Caputo Bastos.

SERVIÇO:

Seminário Internacional da Integração do Agronegócio com o Sistema Judicial

Data: de 23 a 25 de abril

Local: Centro de Eventos Ágora, do hotel Gran Odara, em Cuiabá

Inscrições: Fora do ar

Informações: (65) 3928-4421

Fonte: Ascom Famato