Escolha uma Página

17º Congresso Brasileiro do Agronegócio

Exportar para Sustentar

Congresso Brasileiro do Agronegócio debateu formas do Brasil se adaptar ao cenário mundial marcado por uma guerra comercial. Evento reuniu lideranças políticas, setoriais, empresários e agentes públicos de todos os elos produtivos do agronegócio.

A discussão sobre os impactos para o agronegócio brasileiro de um mundo marcado por uma guerra comercial entre Estados Unidos e China, que tem deslocado o pêndulo geopolítico para a Ásia, a necessidade de valorização da OMC – Organização Mundial do Comércio e do multilateralismo e a discussão das novas fontes de financiamentos para o agro, além de uma análise do que é prioritário e urgente em relação aos debates das próximas eleições. Esses foram os principais tópicos debatidos durante o Congresso Brasileiro do Agronegócio, promovido pela ABAG e B3 – Brasil Bolsa Balcão e que reuniu 870 participantes.

O evento foi palco também da divulgação das linhas mestras do “Plano de Estado – Brasil 2030 – Agro é Paz”, apresentado e organizado pelo ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues.

O Congresso prestou duas homenagens, por meio dos seus já tradicionais prêmios. Para o Prêmio Norman Borlaug de Sustentabilidade, a escolhida foi a consultora em Biossegurança e Biosseguridade, Leila dos Santos Macedo, que é bacharel em Química, mestre e doutora em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Para o Prêmio Ney Bittencourt de Araújo – Personalidade do Agronegócio, o homenageado foi o Presidente da CNA – Confederação Nacional da Agricultura, João Martins da Silva Junior.

CONFIRA OS ANAIS AQUI