Escolha uma Página

4° Congresso Brasileiro de Agribusiness “Alimentos, Energias e Sustentabilidade”

Nesse congresso o debate está centrado na necessidade de consolidação do ideário produzido nos outros três Congressos.

Com isso, ações públicas de interação entre governo e iniciativa privada. Assim como os avanços significativos em diversas áreas são assinalados.

Dessa forma, o desafio está em reverter o desencadeamento de fatos com a guarida da burocracia, a ideologia e a falta de compreensão da importância estratégica do agronegócio para o desenvolvimento do País.

Nas áreas de logística e infraestrutura, a deterioração cresce a olhos vistos. É imprescindível a aplicação de instrumentos como as Parcerias Público-Privadas (PPPs), para atrair os investimentos internos e externos.

De fato a Lei do Seguro Rural, recentemente aprovada, requer recursos. Produtos nacionais são barrado sem grandes mercados.

Somando o caso mais notório, é o da carne bovina, em razão da febre aftosa. O planejamento territorial também se configura como alternativa para a solução da controversa discussão sobre as mudanças do Código Florestal.

Por isso aprovação da Lei de Biossegurança significa importante conquista, assim como a adição do biodiesel no diesel e as vitórias nos contenciosos da Organização Mundial do Comércio do açúcar e do algodão.

conclui-se que o próximo passo é alavancar a imagem institucional do agronegócio.