Notícias da ABAG

O Comitê de Comunicação da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio destacou a formação da Rede Brasil de Jornalistas Agro (Agrojor), instituição fundada em 7 de abril deste ano, com o objetivo de congregar os jornalistas brasileiros de agronegócio. A ABAG apoia essa iniciativa e a gerente de comunicação da entidade, Gislaine Balbinot, participou de diversos encontros até a formalização da Rede.

A jornalista Vera Ondei, presidente da Rede Agrojor, comentou sobre o trabalho para o desenvolvimento da instituição, que teve um fato marcante, em 2019, quando membros da Federação Internacional de Jornalistas da Agricultura (IFAJ), que estavam no Brasil a convite de uma empresa multinacional, tiveram o interesse em conhecer os membros da Rede.

De acordo com Vera, mesmo diante da pandemia, em dois anos, foi possível organizar a entidade para sua formalização. Para isso, os 10 membros fundadores buscaram estatutos de associações semelhantes para formulação de um estatuto próprio e foi realizada uma pesquisa aberta e qualitativa com os 700 jornalistas cadastrados na página do Facebook sobre a formação da entidade.

Entre os objetivos da Rede Agrojor estão a defesa da liberdade de expressão; a discussão e sugestão de soluções para problemas que afetam o dia a dia do jornalista que atua no segmento do agronegócio; promoção de contatos visando a troca de experiência e informações nacional e internacional; além da promoção e o estímulo ao conhecimento, treinamento e atualização dos membros de forma colaborativa; organização de eventos nacionais e internacionais e representatividade em eventos do agro; e produção de conteúdo relacionado às áreas de interesse e às atividades da entidade.

Na sequência, o jornalista Bruno Blecher trouxe as principais passagens de sua carreira no jornalismo econômico e no agronegócio. Ele fez uma correlação entre os dois setores e explicou as transformações pelos quais passaram as redações e as emissoras nas últimas décadas. Ele disse que o mercado financeiro ainda não conhece o agronegócio, mas que esse profissional está descobrindo o setor. “Eles têm uma característica: quando eles têm interesse, vão atrás para conhecer”, pontuou.

Os participantes da reunião do Comitê de Comunicação da ABAG também conheceram um pouco do AbagLab, plataforma digital, que atuará como um conector de inovação nas cadeias produtivas do agronegócio brasileiro. O gerente de sustentabilidade da ABAG, Lucas Ribeiro, ressaltou que a iniciativa será lançada no próximo dia 22 e vai conectar oportunidades, demandas e soluções.