Notícias da ABAG

O 21ºCongresso Brasileiro do Agronegócio, uma iniciativa da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio em parceria com a B3, a bolsa do Brasil, apresentará uma análise sobre a sustentabilidade no agronegócio brasileiro que, nas últimas quatro décadas, introduziu práticas agrícolas que ampliaram a conservação dos biomas nacionais, como o plantio direto, a integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), a fixação biológica de nitrogênio. O evento acontece no dia 1º de agosto, em formato híbrido e as inscrições para participar tanto no modo presencial como no virtual estão abertas. Para realizar seu credenciamento, basta acessar o site oficial.

Os debatedores do painel Agronegócio: Meio Ambiente e Mercados, Fabiana Perobelli, superintendente de Relacionamento com Clientes da B3; professor Gonçalo Pereira, coordenador do Laboratório de Genômica e Bioenergia da UNICAMP; embaixador José Carlos da Fonseca Júnior, cofacilitador da Coalizão Brasil – Clima, Florestas e Agricultura; e Liège Correia, diretora de Sustentabilidade da Friboi/JBS e vice-presidente da Abag, apontarão os caminhos para que o agro brasileiro se torne ainda mais sustentável, atendendo as novas exigências do mercado global, que tem acompanhado constantemente as políticas públicas relacionadas à proteção do meio ambiente. A moderação será de André Guimarães, Diretor Executivo do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM).

O país conta como iniciativas, políticas públicas e legislações, como o Código Florestal e o Plano de Agricultura de Baixo Carbono (ABC), que contribuem para expandir uma agenda agroambiental. Em um momento em que há a tendência de os países subsidiarem, protegerem e terem medidas de precaução para a importação de alimentos e produtos agropecuários, mesmo com o espectro da fome, comprovar que a produção brasileira é sustentável e auxiliará no crescimento da competitividade do agro nacional.

O 21º Congresso Brasileiro do Agronegócio tem como tema central Integrar para Fortalecer. Além de Agronegócio: Meio Ambiente e Mercados, a programação terá mais três painéis: Geopolítica, Segurança Alimentar e Interesses; Agronegócio: Tecnologia e Informação; e Agronegócio: Perspectivas 2023/2026. O evento se iniciará às 9h00, com a solenidade de abertura a ser conduzida por Luiz Carlos Corrêa Carvalho, presidente da ABAG, e Gilson Finkelsztain, CEO da B3. Durante o evento, a ABAG entregará o Prêmio Ney Bittencourt de Araújo – Personalidade do Agronegócio à Arnaldo Jardim, deputado federal e criador do Fundo de Investimentos para o Setor Agropecuário (Fiagro); e o Prêmio Norman Borlaug – Sustentabilidade, à Mariangela Hungria da Cunha, pesquisadora da Embrapa Soja.